Política de privacidade

Estamos particularmente satisfeitos pelo seu interesse na nossa empresa. A proteção de dados é de particular importância para a administração da Multilingua International GbR. É possível uma utilização das páginas da Internet da Multilingua International GbR sem a necessidade de qualquer introdução de dados pessoais. No entanto, caso uma pessoa interessa pretenda usar os serviços particulares prestados pela nossa empresa por meio de nosso site, poderá ser necessário o processamento de dados pessoais. Em caso de necessidade de processamento de dados pessoais e não havendo base jurídica para tal processamento, por norma solicitamos o consentimento da pessoa em questão.

O processamento de dados pessoais, como por exemplo o nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone de uma pessoa, é sempre feito conforme o Regulamento Geral de Proteção de Dados e de acordo com as disposições de proteção de dados específicas do país aplicáveis ​​à Multilingua International GbR. A nossa empresa pretende, por meio desta política de privacidade, informar o público sobre a natureza, o âmbito e a finalidade das informações pessoais que recolhemos, usamos e processamos. Além disso, os titulares dos dados são também informados relativamente aos seus direitos ao abrigo desta política de privacidade.

Como responsável pelo tratamento de dados, a Multilingua International GbR implementou inúmeras medidas técnicas e organizacionais para garantir uma proteção o mais completa possível dos dados pessoais processados ​​através desta página da Internet. Contudo, as transmissões de dados baseadas na Internet podem geralmente apresentar falhas de segurança, de modo que não pode garantir-se uma proteção absoluta. Por este motivo, todas as pessoas têm também a liberdade para nos enviar os seus dados pessoais de formas alternativas, como por exemplo, por telefone

1.Nome e endereço do responsável pelo tratamento de dados

Responsável, na aceção do Regulamento Geral de Proteção de Dados, outras leis de proteção de dados em vigor nos Estados-Membros da União Europeia e outras disposições de caráter de proteção de dados é a:

Multilingua International GbR
Berliner Freiheit 26
53111 Bonn

representada por:
Tanja Fischer
Maria João Vargas-Schlüter

Tel. +49-(0)228-92 89 318
Fax: +49-(0)228-92 89 322
E-Mail: info@multilingua-international.com

Website: https://multilingua-international.com

2. Cookies

As páginas da Internet da Multilingua International GbR utilizam Cookies. Cookies são ficheiros de texto que são depositados e armazenados num sistema informático através de um navegador da Internet.

Inúmeras páginas da Internet e servidores utilizam Cookies. Muitos cookies contêm um chamado ID de Cookie. Um ID de Cookie é um identificador exclusivo do Cookie. Consiste de uma cadeia de caracteres através da qual as páginas da Internet e os servidores podem ser atribuídos ao navegador da Internet específico no qual o Cookie foi armazenado. Isso permite que os sites e servidores visitados distingam o navegador concreto do indivíduo de outros navegadores da Internet que contêm outros Cookies. Um determinado navegador da Internet pode ser reconhecido e identificado pelo ID exclusivo do Cookie.

Ao usar Cookies, a Multilingua International GbR consegue fornecer aos utilizadores deste site serviços mais direcionados para o utilizador, o que não seria possível sem Cookies.

Usando um Cookie, podem otimizar-se as informações e ofertas no nosso site, de acordo com o utilizador. Os Cookies permitem-nos, conforme já foi referido, reconhecer os utilizadores do nosso site. O objetivo desse reconhecimento é facilitar aos utilizadores a utilização do nosso site. Por exemplo, o utilizador de um site que usa Cookies não precisa de voltar a introduzir os seus dados de acesso sempre que visitar o site, uma vez que isso é feito pelo site e pelo Cookie armazenado no sistema informático do utilizador. Outro exemplo é o Cookie de um carrinho de compras numa loja online. A loja online memoriza os artigos que um cliente colocou no carrinho de compras virtual por meio de um Cookie.

A pessoa em questão pode impedir o envio de Cookies através do nosso site a qualquer momento, por meio de uma configuração do navegador de Internet utilizado recusando, portanto, permanentemente o armazenamento de Cookies. Além disso, os Cookies já armazenados podem ser a qualquer momento excluídos, por meio de um navegador de Internet ou de outros programas de software. Isso é possível em todos os navegadores de Internet comuns. Se a pessoa em questão desativar o armazenamento de Cookies no navegador da Internet utilizado, é possível que em determinadas circunstâncias nem todas as funcionalidades do nosso site possam ser totalmente utilizadas.

3. Recolha de dados e informações gerais

O site da Multilingua Internacional GbR recolhe, por cada acesso à página da Internet por parte de uma pessoa ou de um sistema automatizado, uma série de dados e informações gerais. Esses dados e informações gerais são armazenados nos ficheiros de log do servidor. Informações recolhidas podem ser (1) tipos de navegadores usados ​​e versões, (2) o sistema operativo utilizado pelo sistema que acedeu à página, (3) o site a partir do qual um sistema de acesso foi reencaminhado para o nosso site (designado de “Referrer”), (4) as subpáginas controladas por meio de um sistema que acede ao nosso site, (5) a data e hora de acesso ao site, (6) um endereço de protocolo de Internet (endereço IP), (7) o fornecedor de serviços de Internet do sistema que acede e (8) outros dados e informações semelhantes, que servem como proteção no caso de ataques aos nossos sistemas de tecnologias de informação.

Ao usar esses dados e informações gerais, a Multilingua International GbR não retira quaisquer conclusões sobre a pessoa em questão. Pelo contrário, estas informações são necessárias para (1) uma disponibilização correta do conteúdo do nosso site, (2) otimizar os conteúdos do nosso site e da publicidade dos mesmos (3) garantir o funcionamento contínuo dos nossos sistemas de tecnologias de informação e da tecnologia do nosso site, bem como ( 4) fornecer às autoridades judiciais as informações necessárias à aplicação da lei no caso de um ciberataque. Esses dados e informações anónimos recolhidos são analisados pela Multilingua International GbR, portanto, primeiro estatisticamente e posteriormente com o objetivo de aumentar a privacidade e a segurança de dados na nossa empresa, para em última instância garantirmos um nível de proteção ideal relativamente aos dados pessoais por nós processados. Os dados anónimos dos ficheiros de log do servidor são armazenados separadamente de todos os dados pessoais fornecidos por uma pessoa.

4. Possibilidade de contacto por meio da página da Internet

Devido a regulamentações legais, o site da Multilingua International GbR contém informações que permitem um contacto eletrónico mais rápido com a nossa empresa bem como uma comunicação direta connosco, o que também inclui um endereço geral do chamado correio eletrónico (endereço de e-mail). A partir do momento em que uma pessoa entra em contato com o responsável pelo tratamento dos dados por e-mail ou por meio de um formulário de contato, os dados pessoais fornecidos pela pessoa em questão são automaticamente guardados. Tais dados pessoais, transmitidos voluntariamente por um indivíduo ao responsável pelo tratamento de dados, são armazenados com a finalidade do seu processamento ou da entrada em contacto com o titular dos dados. Não há lugar a qualquer divulgação desses dados pessoais a terceiros.

5. Eliminação de rotina e bloqueio de dados pessoais

O responsável pelo tratamento processa e armazena os dados pessoais da pessoa em questão apenas pelo período necessário para cumprir o objetivo do armazenamento ou, conforme o previsto pelas autoridade legislativas e regulamentares europeias ou por qualquer outra entidade legisladora em matéria de leis ou regulamentos aos quais o responsável pelo tratamento de dados se encontra sujeito.

Se a finalidade do armazenamento deixar de se verificar ou se expirar um período de armazenamento recomendado pelas autoridades legisladoras e reguladoras ou por qualquer outra entidade legisladora relevante, os dados pessoais serão rotineiramente bloqueados ou excluídos, de acordo com as disposições legais.

6. Direitos da pessoa interessada

  • a)    Direito de confirmação

Cada pessoa tem o direito, concedido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, de exigir que o responsável pelo tratamento de dados confirme se os dados pessoais que lhes são enviados são sujeitos a processamento. Se uma pessoa pretender recorrer a esse direito de confirmação, poderá a qualquer momento entrar em contato com um funcionário da entidade responsável pelo tratamento de dados.

  • b)    Direito de acesso

Qualquer pessoa afetada pelo tratamento de dados pessoais tem, a qualquer momento, o direito concedido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, a obter gratuitamente do responsável pelo tratamento de dados a informação relativa aos dados pessoais armazenados e uma cópia dessa informação. Além disso, as autoridades legisladoras e reguladoras europeias concederam à pessoa em questão o acesso às seguintes informações:

    • os propósitos do seu processamento
    • as categorias dos dados pessoais processados
    • os destinatários ou categorias de destinatários a quem os dados pessoais foram divulgados ou ainda serão divulgados, particularmente para destinatários em países terceiros ou para organizações internacionais
    • se possível, a duração prevista durante a qual serão armazenados os dados pessoais ou, se tal não for possível, os critérios para determinar essa duração
    • a existência de um direito à retificação ou eliminação dos dados pessoais que lhe digam respeito ou de uma restrição do seu tratamento por parte do responsável ou do direito de oposição a tal tratamento
    • a existência de um direito de recurso a uma autoridade de supervisão
    • caso os dados pessoais não sejam recolhidos junto da pessoa em questão: todas as informações disponíveis relativas à origem dos dados
    • a existência de processos de tomada de decisão automatizados, incluindo a definição de perfis nos termos do Artigo 22, parágrafo 1 e 4 do regulamento geral sobre a proteção de dados e, pelo menos nestes casos, informações relevantes sobre a lógica envolvida, bem como a dimensão e as repercussões planeadas desse tratamento para a pessoa em questão

Além disso, a pessoa em questão tem o direito de ser informada se os seus dados pessoais foram transmitidos para um país terceiro ou a uma organização internacional. Se for o caso, a pessoa tem ainda o direito de obter informações sobre as garantias adequadas relacionadas com a transferência dos mesmos.

Se uma pessoa pretender recorrer a esse direito de acesso à informação, poderá a qualquer momento entrar em contato com um funcionário da entidade responsável pelo tratamento de dados.

  • c)    Direito à retificação

Qualquer pessoa afetada pelo tratamento de dados pessoais tem o direito garantido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias de exigir a retificação imediata de dados pessoais incorretos relativos a si. Além disso, o titular dos dados tem o direito, tendo em conta o propósito do tratamento dos dados, de exigir a conclusão de dados pessoais incompletos, também por meio de declaração suplementar.

Se uma pessoa pretender recorrer a esse direito de retificação, poderá a qualquer momento entrar em contato com um funcionário da entidade responsável pelo tratamento de dados.

  • d) Direito à eliminação (direito a ser esquecido)

Qualquer pessoa afetada pelo processamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, de exigir aos responsáveis que os dados pessoais que lhes dizem respeito sejam imediatamente apagados, a menos que se verifique uma das seguintes razões e desde que não seja necessário o processamento:

    • Os dados pessoais foram recolhidos para fins ou processados ​​de uma forma para os quais já não sejam necessários.
    • A pessoa em questão revoga o seu consentimento, que era baseado no Art. 6 parágrafo 1 alínea a do regulamento geral sobre a proteção de dados ou no Art. 9 parágrafo 2, alínea a do regulamento geral sobre a proteção de dados, e não existe qualquer outra base jurídica para o seu tratamento.
    • A pessoa recusa o tratamento dos dados, de acordo com o Art. 21 parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados, e não há motivos legítimos imperiosos para o tratamento, ou a pessoa opõem-se ao tratamento, em conformidade com o Art. 21 parágrafo. 2 do regulamento geral sobre a proteção de dados.
    • Os dados pessoais foram indevidamente processados.
    • A eliminação dos dados pessoais é necessária para o cumprimento de uma obrigação legal nos termos da legislação da União Europeia ou a legislação dos Estados-Membro à qual o responsável pelo tratamento dos dados está sujeito.
    • Os dados pessoais foram recolhidos no âmbito de serviços disponibilizados pela sociedade da informação, de acordo com o Art. 8, parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados.

Se alguma das razões acima se aplicar e o indivíduo afetado pretender solicitar a eliminação de dados pessoais armazenados pela Multilingua International GbR, o mesmo pode a qualquer momento contactar um funcionário do responsável pelo tratamento dos dados. O funcionário da Multilingua International GbR fará com que o pedido de eliminação seja atendido imediatamente.

Caso os dados pessoais tenham sido tornados públicos pela Multilingua International GbR e a nossa empresa, como responsável pelo tratamento de dados tenha a obrigação, ao abrigo do Art. 17 parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados, de eliminar os dados pessoais, a Multilingua Internacional GbR, tendo em consideração a tecnologia disponível e os custos de implementação, deverá tomar as medidas adequadas, também de natureza técnica, para informar outros responsáveis ​​pelo tratamento de dados e que processam os dados pessoais publicados, que o titular desses dados solicitou, desses outros responsáveis ​​pelo tratamento de dados, a eliminações de todas as ligações a esses dados pessoais ou cópias ou reproduções desses dados pessoais, desde que o seu processamento não seja necessário. O funcionário da Multilingua International GbR providenciará o necessário, de acordo com cada caso individual.

  • e)    Direito à restrição do tratamento de dados

Qualquer pessoa afetada pelo processamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, a exigir a limitação do processamento à pessoa responsável pelo tratamento, caso se verifique algum dos pressupostos seguintes:

    • A exatidão dos dados pessoais é contestada pelo titular dos dados, por um período de tempo que permite ao responsável pelo tratamento dos dados verificar a exatidão dos mesmos.
    • O processamento é indevido, o titular dos dados recusa a exclusão dos dados pessoais e, em vez disso, solicita a restrição da utilização dos dados pessoais.
    • O responsável já não precisa dos dados pessoais para fins de processamento, mas a pessoa afetada pelos dados necessita deles para a declaração, o exercício ou a defesa de um direito num processo judicial.
    • A pessoa em causa opôs-se ao processamento, conforme o Art. 21 parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados e ainda se desconhece se as razões legítimas da pessoa responsável ultrapassam as da pessoa afetada.

Se algum dos pressupostos acima se verificar e o indivíduo afetado pretender exigir a restrição de dados pessoais armazenados pela Multilingua International GbR, o mesmo pode a qualquer momento contactar um funcionário do responsável pelo tratamento dos dados. O funcionário da Multilingua International GbR providenciará a restrição do processamento.

  • f)     Direito à portabilidade de dados

Qualquer pessoa afetada pelo processamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelas autoridades legisladoras e regulamentares europeias, de receber os dados pessoais que a ela se referem e os quais foram disponibilizados pela pessoa em causa a um responsável pelo seu tratamento, num formato estruturado, comum e mecanicamente legível. Tem também o direito de transmitir esses dados a outro responsável sem entraves por parte do responsável ao qual os dados pessoais tenham sido fornecidos, desde que o tratamento se baseie no consentimento conforme o Art. 6 parágrafo 1 alínea a do regulamento geral sobre a proteção de dados ou o Art. 9 parágrafo 2, alínea a do regulamento geral sobre a proteção de dados ou num contrato de acordo com o Art. 6, parágrafo 1, alínea b do regulamento geral sobre a proteção de dados e o processamento seja feito utilizando procedimentos automatizados, desde que o tratamento não seja necessário para a execução de uma tarefa de interesse público ou para o exercício da autoridade pública, que tenha sido solicitada ao responsável.

Além disso, a pessoa em causa tem ainda, aquando do exercício do seu direito de portabilidade de dados e nos termos do Art. 20 parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados, o direito a solicitar que os dados pessoais sejam diretamente transferidos de um responsável para outro responsável, desde que tal seja tecnicamente viável e desde que com isso não se afetem os direitos e liberdades de outras pessoas.

Para o exercício do direito à portabilidade dos dados, a pessoa afetada pode a qualquer altura contactar um funcionário da Multilingua Internacional GbR.

  • g)    Direito de oposição

Qualquer pessoa afetada pelo processamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias de, por motivos decorrentes da sua situação específica, se opor a qualquer momento ao tratamento dos dados pessoais que lhe dizem respeito, com base no Art. 6 parágrafo 1 alíneas e ou f do regulamento geral sobre a proteção de dados. Isto também se aplica a uma definição de perfil baseada nessas disposições.

A Multilingua International GbR deixa de processar os dados pessoais em caso de oposição, a menos que possamos apresentar razões imperiosas e legítimas para tal processamento, que ultrapassem os interesses, direitos e liberdades da pessoas em questão, ou caso o processamento sirva para a declaração, o exercício ou defesa de um direito num processo judicial.

Caso a Multilingua Internacional GbR processe as informações pessoais para o exercício de marketing direto, a pessoa em causa tem o direito, a qualquer momento, de se opor ao processamento dos dados pessoais para efeitos de tal marketing. Tal também se aplica à definição de perfis, na medida em que haja ligação com tal marketing direto. Caso a pessoa afetada se oponha a que a Multilingua International GbR processe os dados para fins de marketing direto, a Multilingua International GbR deixará de processar os dados pessoais com essa finalidade.

Além disso, a pessoa em questão tem o direito, por razões decorrentes da sua situação particular e nos termos do Art. 89 parágrafo 1 do regulamento geral sobre a proteção de dados, de se opor ao tratamento dos dados pessoais que lhe digam respeito efetuados pela Multilingua International GbR para fins de investigação científica ou histórica ou para fins estatísticos, a menos que tal processamento seja necessário para o cumprimento de uma tarefa do interesse público.

Para o exercício do direito de oposição, a pessoa afetada poderá entrar em contacto diretamente com um funcionário da Multilingua Internacional GbR ou qualquer outro funcionário. A pessoa também é livre de, em ligação com a utilização de serviços da sociedade de informação, independentemente da Diretiva 2002/58 /CE, exercer o seu direito de oposição por meio de processos automatizados nos quais são utilizadas especificações técnicas.

  • h) Decisões automatizadas individuais, incluindo a definição de perfis

Qualquer pessoa afetada pelo tratamento de dados pessoais tem o direito, condido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, de não estar sujeita a uma decisão baseada exclusivamente num processamento automatizado (incluindo a definição de perfis), que produzas efeitos jurídicos relativamente à sua pessoa ou que, de semelhante forma, a comprometa significativamente, desde que tal decisão (1) não seja necessária para a celebração ou execução de um contrato entre a pessoa e o responsável pelo tratamento, ou (2) seja permitida pela legislação da União Europeia ou dos Estados-Membro, à qual o responsável pelo tratamento se encontra sujeito, e desde que essa legislação preveja medidas adequadas para salvaguardar os direitos e liberdades bem como os interesses legítimos da pessoa afetada ou (3) ocorra com o expresso consentimento da pessoa em questão.

Caso a decisão (1) seja necessária para a celebração ou execução de um contrato entre a pessoa afetada e o responsável pelo tratamento dos dados ou (2) ocorra com o expresso consentimento da pessoa afetada, a Multilingua International GbR tomará as devidas medidas para garantir os direitos e liberdades bem como os interesses legítimos da pessoa em questão, em que se inclui, pelo menos, o direito de obtenção da intervenção de uma pessoa por parte do responsável, o direito de exposição do próprio ponto de vista e o direito de contestação da decisão.

Se a pessoa pretender fazer valer esse direito relativamente às decisões automatizadas, poderá a qualquer momento entrar em contato com um funcionário da entidade responsável pelo tratamento de dados.

  • i) Direito de revogação de um consentimento relativo à proteção de dados pessoais

Qualquer pessoa afetada pelo tratamento de dados pessoais tem o direito, garantido pelas autoridades legisladoras e reguladoras europeias, de revogar a qualquer momento um consentimento dado relativo ao tratamento de dados pessoais.

Se a pessoa pretender fazer valer esse direito de revogação de um consentimento, poderá a qualquer momento entrar em contato com um funcionário da entidade responsável pelo tratamento de dados.

7. Proteção de dados em candidaturas e procedimentos de candidaturas

O responsável pelo tratamento de dados recolhe e processa os dados pessoais dos candidatos com o objetivo de gestão do processo de candidatura. O processamento também pode ser efetuado eletronicamente. Este é particularmente o caso, se os respetivos documentos de candidatura forem submetidos pelo candidato ao responsável pelo tratamento dos dados por meios eletrónicos, como por exemplo por e-mail ou através de um formulário web disponível no site. Se o responsável pelo tratamento dos dados celebrar um contrato de trabalho com um candidato, os dados transmitidos serão armazenados para efeitos do cumprimento da relação de trabalho, em conformidade com as leis aplicáveis. Caso não seja celebrado qualquer contrato de trabalho com o candidato por parte do responsável pelo tratamento dos dados, os documentos de candidatura serão automaticamente eliminados dois meses após o anúncio da decisão da recusa, a menos que a sua eliminação impeça outros interesses legítimos do responsável pelo tratamento dos dados. Outro interesse legítimo neste sentido, pode ser considerado um ónus de prova num processo ao abrigo da lei geral sobre a igualdade de tratamento (Allgemeinen Gleichbehandlungsgesetz – AGG).

8. Políticas de privacidade para a aplicação e utilização do Facebook

O responsável pelo tratamento dos dados integrou, nesta página da Internet, componentes da empresa Facebook. O Facebook é uma rede social.

Uma rede social é um ponto de encontro social baseado na Internet, uma comunidade on-line que, por norma, permite que os utilizadores comuniquem entre si e interajam no espaço virtual. Uma rede social pode servir como plataforma de troca de ideias e experiências, ou permitir que a comunidade da Internet disponibilize informações pessoais ou comerciais. O Facebook possibilita aos utilizadores da rede social, entre outras coisas, a criação de perfis particulares, o carregamento de fotografias e uma interligação por meio de solicitações de amizade.

A empresa operadora do Facebook é a Facebook, Inc., 1 Hacker Way, Menlo Park, CA 94025, EUA. O responsável pelo tratamento dos dados pessoais, caso a pessoa em questão resida fora dos EUA ou do Canadá, é a Facebook Ireland Ltd., 4 Grand Canal Square, Grande Canal Harbor, Dublin 2, Irlanda.

Por cada acesso a uma das páginas individuais deste site, que é operado pelo responsável pelo tratamento de dados e no qual foi integrado um componente do Facebook (plug-in do Facebook), o respetivo componente do Facebook faz automaticamente com que o navegador da Internet no sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão descarregue uma representação do componente do Facebook pelo Facebook. Poderá consultar uma síntese global de todos os plug-ins do Facebook em https://developers.facebook.com/docs/plugins/?locale=de_DE.  No âmbito deste processo técnico, o Facebook recebe informações sobre qual a subpágina concreta do nosso site é visitada pela pessoa em questão.

Desde que a pessoa em questão esteja logada ao mesmo tempo no Facebook, o Facebook reconhece, com cada acesso ao nosso site por parte da pessoa em causa e durante toda a duração de cada permanência no nosso site, qual a subpágina em concreto do nosso site visitada pela pessoa. Essas informações são recolhidas pelo componente do Facebook e atribuídas pelo Facebook à respetiva conta de Facebook da pessoa em questão. Se a pessoa em causa clicar num dos botões de Facebook integrados no nosso site, como por exemplo o botão “Gosto”, ou caso faça um comentário, o Facebook atribui essa informação à conta utilizador do Facebook dessa pessoa e armazena esses dados pessoais ,

Por meio do componente do Facebook, o Facebook recebe sempre uma informação de que a pessoa em questão visitou o nosso site, caso a pessoa no momento do acesso ao site se encontre ao mesmo tempo logada na sua conta do Facebook; isto acontece independentemente de a pessoa clicar no componente do Facebook ou não. Caso a pessoa não pretenda tal transmissão de informações ao Facebook, esta poderá impedir a transferência efetuando o logout da sua conta do Facebook antes de aceder ao nosso site.

A política de dados publicada pelo Facebook, que pode ser consultada na página https://de-de.facebook.com/about/privacy/, fornece informações sobre a recolha, o processamento e a utilização de dados pessoais por parte do Facebook. Além disso, também é dada uma explicação de quais as opções de configuração disponibilizadas pelo Facebook para a proteção da privacidade da pessoa em questão. Além disso, existem diferentes aplicativos que possibilitam impedir a transmissão de dados ao Facebook. Tais aplicativos podem ser usados ​​pela pessoa em questão para impedir a transmissão de dados ao Facebook.

9. Política de privacidade para a aplicação e utilização Google Analytics (com recurso de anonimização)

O responsável pelo tratamento dos dados integrou neste site o componente Google Analytics (com recurso de anonimização). O Google Analytics é um serviço de análise da web. Análise web é o levantamento, recolha e análise de dados sobre o comportamento dos visitantes de sites. Entre outras coisas, um serviço de análise da web recolhe dados sobre a partir de que sites uma determinada pessoa acedeu a outro site (os chamados “Referrer”), quais as subpáginas do site a que acedeu e com que frequência, bem como a duração de permanência numa determinada subpágina. Uma análise da web é usada, principalmente, para a otimização de uma página da Internet para a realização de análises de custo-benefício de campanhas de marketing na Internet.

A empresa operadora do componente Google Analytics é a Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, USA.

O responsável pelo processamento dos dados usa a extensão “_gat._anonymizeIp” para a análise da web por meio do Google Analytics. Por meio desta extensão, o endereço IP de acesso à Internet do titular dos dados é encurtado e anonimizado pelo Google, caso o acesso às nossas páginas da Internet seja feito a partir de um Estado-Membro da União Europeia ou de outro Estado que seja signatário do Acordo sobre o Espaço Económico Europeu.

O objetivo do componente do Google Analytics é analisar o fluxo de visitantes na nossa página da Internet. Entre outras coisas, a Google utiliza os dados e informações obtidos para avaliar a utilização da nossa página da Internet, para criar relatórios on-line que mostrem as atividades nas nossas páginas da Internet e para fornecer outros serviços relacionados à utilização da nossa página da Internet.

O Google Analytics envia um Cookie ao sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão. O que são Cookies já foi explicado em cima. O envio desse Cookie possibilita à Google a análise da utilização da nossa página da Internet. Por cada acesso a uma das páginas individuais deste site, que é operado pelo responsável pelo tratamento de dados e no qual foi integrado um componente do Google Analytics, o respetivo componente do Google Analytics faz automaticamente com que o navegador da Internet no sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão transmita à Google dados com o propósito de uma análise web. Como parte desse procedimento técnico, a Google toma conhecimento de dados pessoais como o endereço IP da pessoa em questão, que servem ao Google, entre outras coisas, para rastrear a origem dos visitantes e cliques e, posteriormente, para possibilitar o cálculo de comissões.

O Cookie armazena informações pessoalmente identificáveis, como por exemplo o tempo de acesso, a localização a partir da qual foi feito o acesso e a frequência das visitas à nossa página da Internet pela pessoa. A cada visita às nossas páginas da Internet, estas informações pessoais, incluindo o endereço IP de ligação à Internet da pessoa em causa, são transferidas para a Google nos Estados Unidos da América. Essas informações pessoais são armazenadas pela Google nos Estados Unidos da América. Em determinadas circunstâncias, a Google pode transferir para terceiros esses dados pessoais recolhidos por meio do procedimento técnico.

A pessoa em questão pode impedir o envio de Cookies através do nosso site a qualquer momento (conforme já mencionado em cima), por meio de uma configuração do navegador de Internet utilizado recusando, portanto, permanentemente o armazenamento de Cookies. Essa configuração no navegador da Internet utilizado também impediria a Google de enviar um Cookie ao sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão. Além disso, um Cookie já enviado pelo Google Analytics pode ser excluído, a qualquer momento, através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

Além disso, a pessoa em questão ainda tem ainda a opção de contestar e impedir a recolha de dados gerados pelo Google Analytics, a utilização de dados relacionados com esta página da Internet, bem como o tratamento destes dados por parte da Google. Para tal, a pessoa deve descarregar e instalar um complemento do navegador acedendo a https://tools.google.com/dlpage/gaoptout. Esse complemento do navegador informa ao Google Analytics, por meio do JavaScript, que nenhuns dados e informações relativos a visitantes do site podem ser transmitidos ao Google Analytics. A instalação do complemento do navegador é considerada pela Google como objeção. Caso o sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão seja posteriormente eliminado, formatado ou reinstalado, a pessoa deverá reinstalar o complemento do navegador para desativar o Google Analytics. Se o complemento do navegador for desinstalado ou desativado pela pessoa em questão ou por qualquer outra pessoa integrada na sua esfera de influência, existe a possibilidade de reinstalar ou reativar o complemento do navegador.

Poderá consultar informações adicionais, bem como a política de privacidade da Google, em https://www.google.de/intl/de/policies/privacy/ e em http://www.google.com/analytics/terms/de.html. O serviço Google Analytics é explicado mais detalhadamente em https://www.google.com/intl/de_de/analytics/.

10. Políticas de privacidade para a aplicação e utilização do Instagram

O responsável pelo tratamento dos dados integrou, nesta página da Internet, componentes da empresa do serviço Instagram. O Instagram é um serviço que se qualifica como uma plataforma audiovisual, que possibilita aos utilizadores a partilha de fotografias e vídeos, além de possibilitar também uma divulgação desses dados noutras redes sociais.

A empresa operadora dos serviços do Instagram é a Instagram LLC, 1 Hacker Way, Building 14 First Floor, Menlo Park, CA, EUA.

Por cada acesso a uma das páginas individuais deste site, que é operado pelo responsável pelo tratamento de dados e no qual foi integrado um componente do Instagram (botão Insta), o respetivo componente do Instagram faz automaticamente com que o navegador da Internet no sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão descarregue uma representação do respetivo componente do Instagram. No âmbito deste processo técnico, o Instagram recebe informações sobre qual a subpágina concreta do nosso site é visitada pela pessoa em questão.

Desde que a pessoa em questão esteja logada ao mesmo tempo no Instagram, o Instagram reconhece, com cada acesso ao nosso site por parte da pessoa em causa e durante toda a duração de cada permanência no nosso site, qual a subpágina em concreto é visitada pela pessoa. Essas informações são recolhidas pelo componente do Instagram e atribuídas pelo Instagram à respetiva conta de Instagram da pessoa em questão. Se a pessoa em questão clicar num dos botões do Instagram integrados na nossa página da Internet, os dados e informações dessa forma transferidos serão atribuídos à conta de utilizador pessoal do Instagram da pessoa em questão e serão guardados e processados ​​pelo Instagram.

Por meio do componente do Instagram, o Instagram recebe sempre uma informação de que a pessoa em questão visitou o nosso site, caso a pessoa no momento do acesso ao site se encontre ao mesmo tempo logada na sua conta do Instagram; isto acontece independentemente de a pessoa clicar no componente do Instagram ou não. Caso a pessoa não pretenda tal transmissão de informações ao Instagram, esta poderá impedir a transferência efetuando o logout da sua conta do Instagram antes de aceder ao nosso site.

Poderá consultar informações adicionais, bem como a política de privacidade do Instagram, em https://help.instagram.com/155833707900388 e https://www.instagram.com/about/legal/privacy/.

11. Políticas de privacidade para a aplicação e utilização do Twitter

O responsável pelo tratamento dos dados integrou, nesta página da Internet, componentes do Twitter. O Twitter é um serviço de microblog público disponível em vários idiomas, no qual os utilizadores podem postar e divulgar os chamados tweets, ou seja mensagens curtas, limitados a 280 caracteres. Essas mensagens curtas podem ser consultadas por qualquer pessoa, incluindo pessoas que não tenham conta no Twitter. Os tweets também são exibidos nas páginas dos seguidores do respetivo utilizador. Seguidores são outros utilizadores do Twitter, que seguem os tweets de um utilizador. O Twitter também permite a abordagem a um público mais vasto por meio de hashtags, links ou retweets.

A empresa operadora do Twitter é a Twitter, Inc., 1355 Market Street, Suite 900, São Francisco, CA 94103, EUA.

Por cada acesso a uma das páginas individuais deste site, que é operado pelo responsável pelo tratamento de dados e no qual foi integrado um componente do Twitter (botão Twitter), o respetivo componente do Twitter faz automaticamente com que o navegador da Internet no sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão descarregue uma representação do respetivo componente do Twitter. Poderá consultar mais informações relativas aos botões do Twitter em https://about.twitter.com/de/resources/buttons. No âmbito deste processo técnico, o Twitter recebe informações sobre qual a subpágina concreta do nosso site é visitada pela pessoa em questão. O objetivo da integração do componente Twitter é possibilitar que os nossos utilizadores redistribuam os conteúdos desta página da Internet, promovam esta página no mundo digital, aumentando o nosso número de visitantes.

Desde que a pessoa em questão esteja logada ao mesmo tempo no Twitter, o Twitter reconhece, com cada acesso ao nosso site por parte da pessoa em causa e durante toda a duração de cada permanência no nosso site, qual a subpágina em concreto do nosso site visitada pela pessoa. Essas informações são recolhidas pelo componente do Twitter e atribuídas pelo Twitter à respetiva conta de Twitter da pessoa em questão. Se a pessoa em questão clicar num dos botões do Twitter integrados na nossa página da Internet, os dados e informações dessa forma transferidos serão atribuídos à conta de utilizador pessoal do Twitter da pessoa em questão e serão guardados e processados ​​pelo Twitter.

Por meio do componente do Twitter, o Twitter recebe sempre uma informação de que a pessoa em questão visitou o nosso site, caso a pessoa no momento do acesso ao site se encontre ao mesmo tempo logada na sua conta do Twitter; isto acontece independentemente de a pessoa clicar no componente do Twitter ou não. Caso a pessoa não pretenda tal transmissão de informações ao Twitter, esta poderá impedir a transferência efetuando o logout da sua conta do Twitter antes de aceder ao nosso site.

Poderá consultar a política de privacidade aplicável ​do Twitter em https://twitter.com/privacy?lang=de.

12. Políticas de privacidade para a aplicação e utilização do YouTube

O responsável pelo tratamento dos dados integrou, nesta página da Internet, componentes do YouTube. O YouTube é um portal de vídeos na Internet, que permite aos editores de vídeos a publicação gratuita de vídeos, bem como a visualização, avaliação e comentário desses vídeos por parte de outros utilizadores. O YouTube permite a publicação de todo o tipo de vídeos, razão pela qual se encontram disponíveis no portal de Internet filmes e programas de televisão completos, bem como vídeos de música, trailers ou vídeos feitos pelos próprios utilizadores.

A empresa operadora do YouTube é a YouTube, LLC, 901 Cherry Ave., San Bruno, CA 94066, EUA. A YouTube, LLC é uma subsidiária da Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

Por cada acesso a uma das páginas individuais deste site, que é operado pelo responsável pelo tratamento de dados e no qual foi integrado um componente do YouTube (plug-in do YouTube), o respetivo componente do YouTube faz automaticamente com que o navegador da Internet no sistema de tecnologia de informação da pessoa em questão descarregue uma representação do componente do YouTube pelo YouTube. Poderá consultar mais informações sobre o YouTube em https://www.youtube.com/yt/about/de/. No âmbito deste processo técnico, o YouTube recebe informações sobre qual a subpágina concreta do nosso site é visitada pela pessoa em questão.

Desde que a pessoa em questão esteja logada ao mesmo tempo no YouTube, o YouTube reconhece, com o acesso a uma subpágina que contenha um vídeo do YouTube, qual a subpágina em concreto do nosso site visitada pela pessoa. Essas informações são recolhidas pelo YouTube e pela Google e atribuídas à respetiva conta de YouTube da pessoa em questão.

Por meio do componente do YouTube, o YouTube e a Google recebem sempre uma informação de que a pessoa em questão visitou o nosso site, caso a pessoa no momento do acesso ao site se encontre ao mesmo tempo logada na sua conta do YouTube; isto acontece independentemente de a pessoa clicar no componente do YouTube ou não. Caso a pessoa não pretenda tal transmissão de informações ao YouTube e à Google, esta poderá impedir a transferência efetuando o logout da sua conta do YouTube antes de aceder ao nosso site.

A política de privacidade publicada pelo YouTube, que pode ser consultada na página https://www.google.de/intl/de/policies/privacy/, fornece informações sobre a recolha, o processamento e a utilização de dados pessoais por parte do YouTube.

13. Base jurídica do tratamento de dados

O Art. 6 I alínea a do acordo geral sobre a proteção de dados serve à nossa empresa como base jurídica para operações de tratamento de dados, para as quais obtemos o consentimento para um determinado propósito de processamento. Caso o tratamento de dados pessoais sirva para o cumprimento de um contrato, cuja parte contratante seja a pessoa em questão, como é o caso, por exemplo, de operações de tratamento necessárias para o fornecimento de bens ou a prestação de qualquer outro serviço ou compensação, então o tratamento dos dados tem por base o Art. 6 I alínea b do acordo geral sobre a proteção de dados. O mesmo se aplica a operações de processamento necessárias à execução de medidas pré-contratuais, como no caso de pedidos de informação relativos aos nossos produtos ou serviços. Caso a nossa empresa esteja sujeita a uma obrigação legal que exija o processamento de dados pessoais, como é o caso, por exemplo, do cumprimento de obrigações fiscais, então o processamento dos dados é baseado no Art. 6 I alínea c do acordo geral sobre a proteção de dados. Em casos raros, poderá ser necessário o tratamento de dados pessoais para proteger os interesses vitais do titular dos dados ou de qualquer outra pessoa singular. Seria este o caso, por exemplo, se um visitante ficasse ferido na nossa empresa e, portanto, tivéssemos de informar o seu nome, a sua idade, os dados do seu seguro de saúde ou outras informações vitais a um médico, hospital ou outros terceiros. Nesse caso, o processamento iria basear-se no Art. 6 I alínea d do acordo geral sobre a proteção de dados. Por fim, as operações de processamento podem ser baseadas no Art. 6 I alínea f do acordo geral sobre a proteção de dados. Fundamentam-se nesta base jurídica todas as operações de tratamento de dados que não sejam abrangidas por nenhuma das bases jurídicas mencionadas em cima, quando o processamento dos dados for necessário para salvaguardar um interesse legítimo da nossa empresa ou de terceiros, desde que não superem os interesses, direitos e liberdades fundamentais da pessoa em questão. Tais operações de processamento são-nos portanto particularmente permitidas, pois foram especificamente mencionadas pela entidade legisladora europeia. Considerava, a este respeito, que poderia assumir-se um interesse legítimo, caso se o titular dos dados fosse um cliente do responsável pelo tratamento dos dados (considerando 47, frase 2 do acordo geral sobre a proteção de dados).

14. Interesses legítimos no processamento, seguidos pelos responsável pelo tratamento dos dados ou por um terceiro

Caso o tratamento de dados pessoais tenho por base o artigo 6 I alínea f do acordo geral sobre a proteção de dados, o nosso interesse legítimo é executar a nossa atividade em benefício do bem-estar de todos os nossos funcionários e acionistas.

15. Duração pela qual são armazenados os dados pessoais

O critério para a duração do armazenamento de dados pessoais é o respetivo período de conservação legal. Após o prazo, os dados correspondentes serão rotineiramente excluídos, desde que já não sejam necessários para o cumprimento do contrato ou para iniciar um contrato.

16. Disposições legais ou contratuais para a disponibilização de dados pessoais; necessidade para a celebração do contrato; obrigação do titular dos dados de fornecer os dados pessoais; possíveis consequências da não disponibilização

Esclarecemos o facto de que o fornecimento de dados pessoais é, em parte, exigido por lei (por exemplo, as disposições fiscais) ou pode resultar ainda de disposições contratuais (por exemplo, informações relativas à parte contratante). Por vezes, para a celebração de um contrato pode ser necessário a pessoa em questão nos disponibilize dados pessoais, que posteriormente terão de ser processados ​​por nós. Por exemplo, a pessoa em questão tem a obrigação de nos fornecer informações pessoais se a nossa empresa celebrar um contrato com ela. A não disponibilização dos dados pessoais significaria que o contrato com a pessoa em questão não poderia ser celebrado. Antes de disponibilizar quaisquer dados pessoais, a pessoa em questão deverá entrar em contato com um dos nossos funcionários. O nosso funcionário esclarece os interessados caso a caso, informando se a disponibilização de dados pessoais se trata de uma obrigação legal ou contratual ou se é necessária para a celebração do contrato, se existe uma obrigação de disponibilização dos dados pessoais, e quais as consequências de uma não disponibilização das informações pessoais.

17. Existência de uma tomada de decisão automatizada

Como empresa com uma conduta responsável, renunciamos a tomada de decisões automatizada ou a definição de perfis.

Esta declaração de privacidade foi criada pelo gerador de declarações de privacidade do responsável externo pela proteção de dados Chemnitz em cooperação com a RC GmbH, que reutiliza computadores portáteis usados e Christian Solmecke, advogado de Colónia no âmbito do Direito das Tecnologias de Informação e do Direito da Proteção de Dados.